Follow by Email

domingo, 13 de novembro de 2011

Uzbekistan - The Blue Empire / Uzbequistão - O Império Azul

  April 2009

 Uzbekistan - One of the jewels of the former Soviet empire.
 Land of Tamerlane, where the grandeur of the old Czarist Russian palaces gathering with the magnificence architecture of Soviet times. Lands that have spread through the golden sands of the Gobi Desert and paint the blue sky, with its domes and minarets. Lands of cotton and silk, and a people smiling, that clamors to be immortalized in black lenses, one of the Aral Sea, killed by the arrogance of power.
 Locations that a mild spring, occasionally swept by rain, did my delight. Traveler wandering down paths that the story wants to forget. Glories of ancient architects and artists, whose name we know so little. Land of legends and passion, where death was vindictive immortalized in buildings under an endless blue sky. Earth science and culture.
 This is a record of a journey that will forever be etched in my memory.


Abril 2009 

 Parti à descoberta de uma das antigas jóias do Império Soviético - O Uzbequistão.
 Terra do outrora Império de Tamerlão, onde a imponência dos antigos palacetes czaristas russos e a magnificência dos tempos soviéticos se fazem sentir particularmente. Terras que se espraiam pelas areias douradas do Deserto de Gobi e pintam de azul os céus, com as suas cúpulas e minaretes. Terras de algodão e de seda e de um povo sorridente, que quer insistentemente ficar eternizado em objectivas negras, de um Mar Aral, morto pela prepotência do poder.
 Locais que numa primavera amena, pontualmente varrida pela chuva, fizeram as minhas delícias. Viajante errante por caminhos que a história quer esquecer. Glórias de antigos arquitectos e artistas, de cujo nome tão pouco se sabe. Terra de lendas e de paixão, onde a morte vingativa ficou eternizada em edifícios infinitos sob um céu azul. Terra da ciência e da cultura.
 Este é um registo de uma viagem que ficará para sempre gravada na minha memória. 

Luís Reina

(This text had been written for the exposition "Blue Empire", for the Fundação Dr. Luís Araújo - Oporto and D. Diogo Sousa Museum - Braga/ Texto escrito para a exposição "Império Azul", para a Fundação Dr. Luís Araújo - Porto e Museu D Diogo de Sousa - Braga, e de acordo com a antiga ortografia)

Fields of poppies on the way to Shakhrisabz / Campos de papoilas a caminho de Shakhrisabz

Puppets (Handicraft) - Boukhara / Marionetes (Artesanato) - Bukhara
Kalon Minaret and Mosque - Boukhara / Minarete e Mesquita Kalon - Bukhara
Dolon Restaurant (detail of the courtyard) - Boukhara / Restaurante Dolon (pormenor do pátio interior) - Bukhara
Yaqubbay Khoja Madrasa (silk manufacturing process) - Khiva / Madrassa Yaqubbay Khoja (processo de manufactura da seda) - Khiva


Tough Te Kin Mausoleum (Shah I Zinda Necropolis) - Samarkand /Mausoléu Tough Te Kin (Necropole Shah I Zinda) - Samarcanda
Double Dome Mausoleum (Shah I Zinda Necropolis) - Samarkand / Mausoléu da Dupla Cúpula(Necropole Shah I Zinda) - Samarcanda
Uzbekistan Hotel - Tashkent / Hotel Uzbequistão - Tashkent
Kulkedash Madrasa - Tashkent / Madrassa Kulkedash - Tashkent
Kulkedash Madrasa (detail of the dome of the entrance portico) - Tashkent / Madrassa Kulkedash (pormenor da cúpula do pórtico da entrada) - Tashkent
History of the Peoples of Uzbekistan Museum (detail of entrance) - Tashkent / Museu da História dos Povos do Uzbequistão (pormenor da porta de entrada) - Tashkent












2 comentários:

  1. Mais uma excelente série de fotos a retratar o Uzbequistão onde a cor e o detalhe ganham forma através de perspectivas únicas e características do teu Olhar. Parabéns Luís.

    ResponderEliminar
  2. Efectuei uma gratificante através destas excelentes imagens.
    Abraço

    ResponderEliminar